×
Calendario de Eventos
Materias Contactos Pesquisar
Login
x

Projecto Xiquitsi encerra mês com as crianças

As crianças são as flores que nunca murcham, já dizia o saudoso presidente Samora Machel, foi neste mesmo pensamento que a directora artística do Projecto Xiquitsi Kika Materula, avaliou os petizes como “o futuro da nossa cultura”, numa altura em que acontecia o último concerto da série inauguram com esta camada.

Neste momento o Xiquitsi está a trabalhar com várias instituições para angariar patrocínios e com todos que apoiam o projecto como forma de garantir com que a criança continue sendo doptada de conhecimentos sobre arte e seja a esperança e o futuro das artes e da cultura no país e no mundo. Por isso, no último domingo, o Teatro Avenida exibiu a Temporada de Música Clássica de Maputo, um concerto dedicado a pais e filhos.

E porque o Projecto Xiquitsi pretende chegar à mais crianças, este visitou no passado dia 10 a província de Nampula. Naquela província do norte de Moçambique, os artistas da Temporada de Música Clássica de Maputo, que estiveram na Ilha de Moçambique  visitaram escolas primárias, dedicando-se a fazer uma introdução à música. “Este é o nosso caminho, é a nossa vontade de crescer e de fazer chegar a música e cultura nas mais variadas crianças do nosso país”, afirmou Kika Materula. 
No último concerto da série inaugural, houve uma fusão da música e arte (desenho) em tempo real. A respeito da iniciativa, Materula afirma: “A música está ligada às mais variadas artes, e, prova disso, é a ópera, o género musical mais completo conhecido por todos nós. O desenho levámo-lo de modo a ajudar para uma melhor compreensão. A obra que é interpretada, as quatro Estações do Vivald, só é possível interpretá-la em Moçambique e no Xiquitsi devido à capacidade e capacitação que nós temos vindo a desenvolver com os nossos alunos”, garantiu a Directora Artística do projecto, sublinhando: “O desenho em tempo real foi um grande sucesso para o nosso público. Vimos crianças, jovens, adultos a tentar perceber um pouco aquilo que é o desenho em tempo real”.