×
Calendario de Eventos
Materias Contactos Pesquisar
Login
x

CHAMADA PARA A ANTOLOGIA “CRÓNICAS DE YASUKE: O PRIMEIRO SAMURAI NEGRO”


CHAMADA PARA A ANTOLOGIA

“CRÓNICAS DE YASUKE: O PRIMEIRO SAMURAI NEGRO

 

1 – DA REALIZAÇÃO

A coletânea “CRÓNICAS DE YASUKE: O PRIMEIRO SAMURAI NEGRO” é uma iniciativa cultural da Editora Kulera – Sociedade Unipessoal, Lda.

 

2 – DO OBJECTIVO

Constitui objectivo deste edital a recepção, análise e seleção de contos e crónicas que farão parte da coletânea de contos e crónicas “CRÓNICAS DE YASUKE: O PRIMEIRO SAMURAI NEGRO”, obra em formato físico e digital (e-book) que será lançada no início do primeiro semestre de 2022.

 

3 – DA PARTICIPAÇÃO

Podem participar cidadãos de qualquer nacionalidade, residentes em Moçambique ou na diáspora, que sejam maiores de 18 anos, ou menores com permissão do responsável, desde que os textos sejam escritos em Português.

 

4 – DO TEMA

Conforme o título sugere, os contos/crónicas a serem submetidos na presente antologia serão inspirados na história de vida de Yasuke, um imigrante africano negro, de origem moçambicana, que se tornou um dos mais respeitados samurais no Japão no século XVI.

Os contos/crónicas deverão mencionar o nome de Yasuke, em qualquer trecho da história, de acordo com a preferência dos autores. Os seus enredos (os contos) devem ter núcleo próprio, usando o herói apenas como personagem para as tramas. Apesar de ser um personagem real, as histórias deverão ser fictícias e não precisarão tecer juízo de valor sobre ele.

Para mais informações sobre Yasuke, os autores poderão efectuar um trabalho de pesquisa usando como referência informações disponíveis em livros, revistas, filmes, sites, etc.

Exemplo:  

Yasuke era um servo e guarda-costas de origem africana que serviu sob o daimyō japonês Oda Nobunaga do período Sengoku. Yasuke chegou ao Japão em 1579 a serviço do missionário jesuíta italiano Alessandro Valignano, visitante de Missões nas Índias. Pensa-se que Yasuke tenha sido o primeiro africano que Nobunaga viu, mas ele foi um dos muitos africanos que foram com os portugueses para o Japão durante o Período Nanban. Pouco se sabe sobre sua vida, e a principal fonte para a sua história no Japão foi escrita pelo missionário jesuíta Luís Fróis. Entretanto, de acordo com a Histoire Ecclesiastique Des Isles Et Royaumes Du Japon, escrito por François Solier da Sociedade de Jesus em 1627, Yasuke era um muçulmano nascido em Moçambique.[1]

 

5 – DAS INSCRIÇÕES

A inscrição é gratuita e será feita mediante envio de um correio electrónico para editorakulera@gmail.com, tendo em conta os seguintes detalhes:

·       ASSUNTO: o participante deve escrever: “Antologia Crónicas de Yasuke”.

·       Cada autor poderá submeter até 3 (três) textos.

·       O texto deve conter, no máximo, 10.000 caracteres. Fonte Times New Roman, tamanho 12 e espaçamento 1,5.

·       Uma minibiografia, em até 7 linhas no máximo.

·       Uma fotografia do escritor (opcional).

·       Os textos deverão ter, obrigatoriamente, um título, no qual não precisa constar, necessariamente, o nome Yasuke.

 

6 – DA SELECÇÃO E DA CLASSIFICAÇÃO

A análise e julgamento dos originais serão feitos mediante os seguintes critérios:

·       Envio do texto dentro do prazo estipulado;

·       Envio do texto de acordo com formato de arquivo estabelecido;

·       Cumprimento dos requisitos para a participação;

·       Originalidade (ausência de indícios de plágio);

·       Literariedade, Coerência e Criatividade (um deselance surpreendente _ no conto _ será uma vantagem)

O prazo de submissão inicia no dia 24 de maio de 2021 e segue até o dia 19 de julho de 2021, prorrogável, se necessário.

 

8 – DOS RESULTADOS

O resultado da selecção dos textos a serem publicados será divulgado, impreterivelmente, no dia 30 de Agosto de 2021.

A Editora Kulera divulgará os títulos dos textos e os respectivos autores a serem publicados através da sua página oficial, redes sociais e de um correio electrónico que será enviado aos próprios autores.

 

9 – DAS CONDIÇÕES

Os autores selecionados deverão comprometer-se a comprar, no mínimo, 2 exemplares da Antologia, até o dia 30 de setembro de 2021.

O livro será vendido, com antecedência, aos autores no valor de 500,00 mt por unidade. Caso o autor deseje adquirir mais de 2 exemplares, o preço unitário será de 400,00 mt. Os exemplares serão enviados para o endereço disponibilizado pelo autor, sem custos adicionais.

O endereço para o envio dos exemplares deverá ser, necessariamente, em território moçambicano.

Os exemplares adquiridos pelos autores poderão ser posteriormente revendidos pelo preço de capa.

 

10 – SOBRE A OBRA

A obra será encadernada como brochura, terá até 300 páginas e será editada e impressa em formato fechado 210 x 136 mm, com fontes de corpo não maiores  que 12. O miolo será impresso em cor 1x1 com papel Bond (ou Polen) 80g/m² de cor branca (ou creme). A capa terá cores 4x0 e será constituída de papel Cartolina 250g/m², ², com orelhas de 70 mm, de acabamento Laminação Mate e lombada quadrada, fresada e colada.

 

11 – DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Os contos só poderão ser publicados em quaisquer meios de comunicação, impresso ou electrónico, após a publicação dos livros.

A Editora Kulera reserva-se ao direito de:

·       Proceder à revisão gramatical dos contos selecionados, com a finalidade de publicação em antologia;

·       Não efetuar, sob nenhuma forma, pagamento de direitos autorais;

·       Não se responsabilizar por cópias, plágios ou fraudes;

·       Desclassificar os textos submetidos se não satisfizerem os requisitos supramencionados;

 

12 – DA CONCORDÂNCIA AO REGULAMENTO

Os participantes, ao se inscreverem, manifestam plena concordância com o presente Regulamento, cujo descumprimento ensejará em desclassificação. Os casos omissos neste regulamento serão resolvidos pela comissão responsável pela Antologia (os Coordenadores).

Os coordenadores, reservam-se o direito de alterar qualquer item desta Antologia, bem como interrompê-la, se necessário for, fazendo a comunicação expressa para os participantes. 

A participação nesta Antologia implica a aceitação total e irrestrita de todos os itens
 deste regulamento.

 

Atenciosamente,

Os Coordenadores da Antologia.