×
Calendario de Eventos
Materias Contactos Pesquisar
Login
x

DIVERSIDADE ESPECIAL WOMEX


Gostarias de Participar no maior encontro da indústria musical mundial?
Está aberto o Concurso DIVERSIDADE ESPECIAL WOMEX até 6 de julho
Dirigido a produtores e agentes musicais dos PALOP-TL.
A WOMEX – Wordwide Music Expo (https://www.womex.com/) é a maior feira internacional na área da música, onde decorrem encontros, conferências e apresentações de artistas. Anualmente reúne mais de 2.500 profissionais (dos quais 260 são artistas), oriundos de 90 países.
Tem como objetivo apoiar e fortalecer o papel da cultura no mundo e fomentar os seus valores através da promoção da criatividade e da arte.
WOMEX irá decorrer na cidade do Porto, de 27 a 31 de outubro 2021.
O PROCULTURA estará presente nesta feira internacional com um espaço de comunicação e promoção do projeto e irá apoiar a participação de seis produtores ou agentes musicais dos PALOP-TL na WOMEX.

  • Ser residentes num país do grupo PALOP ou Timor-Leste (critério obrigatório)
  • Ter registo de atividade na área de produção musical há pelo menos 2 anos
  • Ter experiência de produção, pós-produção, agenciamento ou produção de festivais e eventos musicais
Para mais informações:
Camões: https://www.instituto-camoes.pt/.../financiamos/diversidade
Futuros Criativos: https://www.futuroscriativos.org/.../lancamento-do.../

Candidaturas abertas de 16 de junho a 6 de julho de 2021.

DIVERSIDADE ESPECIAL WOMEX: WORLDWIDE MUSIC EXPO

É produtor ou agente musical?

Gostaria de participar no maior encontro da indústria da música mundial? Conhecer e partilhar oportunidades com outros produtores e artistas internacionais? Na WOMEX – Worldwide Music Expo poderá apresentar o seu trabalho ou portfólio de artistas, concretizar parcerias e representar a riqueza musical do seu país.

O PROCULTURA vai apoiar a participação de seis produtores ou agentes musicais dos PALOP e Timor-Leste (um por país) na WOMEX, que acontecerá no Porto (Portugal), de 27 a 31 de outubro de 2021.

Atribuímos apoio financeiro até 2.000 EUR para custos de viagem e estada e oferecemos a inscrição.

Os candidatos devem:

Em Angola:

Formulários de candidatura:

Regulamento disponível aqui.

Em Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe ou Timor-Leste:

Formulário de candidatura:

Regulamento disponível em abaixo, nesta página.

Mais informação:

Angola: diversidade2@afluanda.com / procultura.ao@camoes.mne.pt

Cabo Verde: procultura.cv@camoes.mne.pt

Guiné-Bissau: procultura.gb@camoes.mne.pt

Moçambique: procultura.mz@camoes.mne.pt

São Tomé e Príncipe: procultura.stp@camoes.mne.pt

Timor-Leste: procultura.tl@camoes.mne.pt

DIVERSIDADE é um dos instrumentos do PROCULTURA PALOP-TL, programa financiado pela União Europeia cofinanciado e gerido pelo Camões, IP e cofinanciado pela Fundação Calouste Gulbenkian.  O programa visa contribuir para a geração de emprego nos sectores culturais, para a promoção da diversidade cultural e para o reforço da cidadania e da identidade através da cultura. As subvenções atribuídas no âmbito deste instrumento serão geridas pelos Centros Culturais Portugueses em Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste e pela Alliance Française em Angola, em parceria com os restantes membros da rede EUNIC.

As candidaturas ao DIVERSIDADE continuam abertas, aceitando propostas de pequenos projetos (até 20.000 Euros) em todos os setores culturais nos PALOP e Timor-Leste.

 Aceita propostas

x Não aceita propostas (número máximo de propostas atingido)

Em termos de elegibilidade, os requentes terão que ser:

  • Pessoas singulares que tenham residência fixa e permanente num país do grupo PALOP/ Timor-Leste há pelo menos dois anos, à data de candidatura;
  • Pessoas colectivas de direito público de um dos países do grupo PALOP/ Timor-Leste, designadamente entidades públicas estatais e outros organismos da administração pública regional, municipal ou local;
  • Pessoas colectivas de direito privado, designadamente associações, cooperativas, empresas e outras organizações da sociedade civil, com ou sem finalidade lucrativa, desde que registadas e com actividade efectiva num dos países do grupo PALOP/ Timor-Leste há pelo menos dois anos, à data de candidatura;
  • Parcerias, associações e consórcios, desde que todos os requerentes cumpram os critérios de elegibilidade definidos acima e definam um requerente principal para coordenar o projecto ou acção.

O período de candidaturas está aberto até 30 de setembro de 2022, de acordo com as regras definidas no regulamento e formulários publicados abaixo.

Regulamentos e Formulários

ANGOLA

Candidaturas encerradas. O financiamento disponível já foi atribuído.

CABO VERDE, GUINÉ-BISSAU, MOÇAMBIQUE, SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE E TIMOR-LESTE

 Perguntas Frequentes

  Resultados

Consulte aqui os projetos financiados.